Prefeitura de Quatis anuncia nova compra de medicamentos para farmácia municipal

Prefeitura de Quatis anuncia nova compra de medicamentos para farmácia municipal

Compartilhe isso:

Um total de 72 itens de medicamentos acaba de ser comprado pela Prefeitura de Quatis, através da Secretaria Municipal de Saúde, para reforçar o estoque da farmácia pública do Município (foto); dos postos do Programa Saúde da Família dos bairros Nossa Senhora do Rosário, Mirandópolis, Jardim Independência e Jardim Pollastri, além das unidades básicas dos distritos de São Joaquim e Falcão, ambos na zona rural.

Estes remédios começam a chegar nos próximos dias. Os remédios adquiridos fazem parte da lista básica destinada aos pacientes atendidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Outros 87 itens que também fazem parte desta relação já estão com processos de compra em andamento.   Os 72 remédios já adquiridos pela prefeitura totalizam investimentos de quase 28 mil reais na rede de assistência básica à população de Quatis.

Entre os remédios comprados recentemente, estão medicamentos para hipertensão arterial (pressão alta), diabetes, antibióticos, anti-inflamatórios, analgésicos, antitérmicos e para doenças da pele. Os itens vão ser fornecidos a partir dos próximos dias, por sete empresas que ganharam os respectivos processos de licitação, realizados sob a coordenação da Secretaria Municipal de Saúde.

 As empresas fornecedoras destes 72 itens se localizam nas seguintes cidades: Rio Claro (estado de São Paulo); Nova Friburgo, Santo Antônio de Pádua, São Gonçalo (as três, no Rio de Janeiro); Barão de Cotegipe (Rio Grande do Sul) e Contagem (Minas Gerais). A lei de licitações permite a participação de empresas situadas em qualquer Município do Brasil, desde que, obviamente, elas atendam as especificações listadas nos processos:

– A partir do momento em que foram emitidas as notas de empenho para as compras destes medicamentos, estamos entrando em contato com os vencedores das respectivas licitações, e solicitando a entrega à farmácia municipal – declara a coordenadora de Assistência Farmacêutica da Prefeitura de Quatis, Suzinni Beliago, lembrando que a nota de empenho é o documento do processo administrativo que assegura os recursos financeiros para o pagamento das compras.

Suzinni esclareceu ainda que a farmácia municipal disponibiliza aos moradores de Quatis, os 159 itens da lista básica de medicamentos, prevista na resolução número 5737/2019, da CIB (Comissão Intergestores Bipartites). A comissão é subordinada à Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro, e tem como atribuição coordenar os serviços prestados à população fluminense por meio do SUS. Fazem parte desta comissão, representantes da secretaria estadual e dos órgãos de representação dos secretários municipais de saúde.

– A farmácia municipal é a repartição encarregada de coordenar a distribuição dos medicamentos às unidades de saúde da Prefeitura de Quatis. A partir da solicitação feita pela farmácia, que informa os itens que precisam ser comprados, a Secretaria Municipal de Saúde adota os procedimentos administrativos, financeiros e jurídicos necessários à aquisição dos medicamentos, encaminhando posteriormente, os remédios comprados ao dispensário. O dispensário, por sua vez, abastece o estoque das unidades médicas, mediante a demanda apresentada pelos seus coordenadores – detalhou Suzinni Beliago, frisando que a entrega dos remédios acontece de acordo com a necessidade das unidades médicas.

Localizada na Avenida Avelino Batista Soares 122, no Centro, a farmácia municipal de Quatis funciona de segunda a sexta-feira, de 8 às 17 horas. A equipe lotada na unidade é formada pelos farmacêuticos Gilberto César Gonçalves e Camila Ávila Leite; e dois funcionários da área administrativa (Renato Canil e Lorran Prado). Dois estagiários prestam apoio ao atendimento prestado pela unidade aos moradores. São eles: João Anderson e Diogo Alves de Lima.

Confira os 72 itens de medicamentos recém-comprados pela prefeitura, e cuja chegada à farmácia pública do Município está prevista para a primeira quinzena de outubro:

Acebrofilina (xarope), ácidos graxos essenciais, ambroxol infantil, bimatoprosta (oftálmico), bromoprida, carbonato de cálcio, dexametasona elixir, digoxina, diosmina + hesperdina, doxazorina, enalapril, espironolactona, gimipirida, metoclopramida, metronidazol, miconazol nitrato de 2 por cento (dermatológico), nimesulida, nimodipino, omeprazol, permetrina 1 por cento, prometazina, renitidina, simeticona, sulfametoxazol 400 mg + trimetoprima 80 mg, ácido acetilsalicílico, ácido fólico, albendazol (comprimido), albendazol (suspensão), alendronato de sódio, alumínio – hidróxido suspensão, ambroxol adulto, anlodipino, atenolol 25 mg, atenolol 50 mg, azitromicina em pó (suspensão), cetoconazol, cinarizina, clopidogrel 75 mg (bissulfato), complexo B (polivitamínico), dexclorfeniramina, dexolorfeniramina xarope, dipirona (gotas), hioscina, ibuprofeno 600 mg, ibufrofeno (gotas), levotiroxina 100 mcg, levoriroxina 25 mg, levotiroxina 500 mg, loratadina xarope, mebendazol suspensão, sais para reidratação oral, salbutamol xarope (frasco com 120 ml), salbutamol – sulfato 100 mcg solução spray com 200 doses cada, simeticona gotas, soro nasal, sulfato ferroso, sulfato ferroso (gotas), carvedilol (12,5 mg), ciclobenzaprima, finasterida, ibuprofeno 300 mg, ibratropio de brometo (0,25 mg/ml – solução para inalação), nifedipino retard, potássio cloreto de 6 por cento (xarope), losartana 50 mg, clonidina, hidralazina, alopurinol, benzilpenicina benzatina, cefalexina 250 mg/5ml (suspensão oral 100 ml cada), cefalexina 500 mg e metformina.