Prefeito Waguinho assina convênio com hospital pediátrico em Belford Roxo

Prefeito Waguinho assina convênio com hospital pediátrico em Belford Roxo

Compartilhe isso:

O prefeito de Belford Roxo, Wagner Carneiro, o Waguinho (MDB) fiscalizou as instalações do Hospital de atendimento pediátrico na manhã de ontem (5), localizado no bairro Areia Branca. Após a visita, o prefeito e os diretores da unidade assinaram o convênio. O Hospital Fluminense já está em pleno funcionamento e agora passa a contar com 82 leitos e capacidade para atender 250 pacientes por dia. São 115 profissionais (enfermagem, médicos, auxiliares de serviços gerais, copeiros, cozinheiros, lactarista, auxiliar administrativo, direção médica, direção administrativa, manutenção, fisioterapeuta e setor jurídico) atuando na emergência pediátrica 24h. O hospital realizou mais de 200 mil atendimentos desde sua reabertura em 2017 até o ano de 2019.

Durante a solenidade de assinatura do convênio, Leandro Santoro (diretor executivo), Afonso Rodrigues (diretor- médico), Rafael Peixoto (diretor de gestão hospitalar) e Magno Lima (diretor administrativo) prestaram uma homenagem, junto ao prefeito, aos funcionários da unidade, que foram representados por Ana Cláudia Barros da Silva. Também estiveram com o prefeito, o secretário de Saúde, Flávio Vieira, o Procurador Geral, Fabrício Mercandelle de Almeida, a chefe de gabinete, Renata de Almeida, o chefe de gabinete adjunto, Daniel Silva, o Danielzinho , e

a secretária da Gestão de Saúde, Tatiana Ervite.

Waguinho ressaltou que a unidade atende também a crianças de municípios vizinhos. “O hospital está de portas abertas para atender as crianças que tanto precisam. Agradeço aos diretores e toda a equipe da unidade que se empenharam para a reabertura. Aos deputados  Daniela do Waguinho (federal) e Márcio Canella (estadual), que são nossos parceiros e nos dão condições em trazer recursos dos governos estadual e federal para Belford Roxo. A saúde da cidade não pode parar. Não importa o município, pois o SUS (Sistema Único de Saúde) é para todos que precisam”, destacou o prefeito.

O secretário de Saúde, Flávio Vieira, destacou o empenho do prefeito em reabrir mais uma unidade para as crianças do município e de outras cidades. “Esse é um espaço que tem convênio com a Prefeitura de Belford Roxo, onde ela recebe dinheiro do SUS e repassa para o Hospital conforme sua produção. Então, a Prefeitura serve como intermediário e parceiro nos casos que precisam de transferência, por exemplo. Gostaria de ressaltar que enquanto a unidade esteve fechada, não deixamos de ter pediatria na cidade. A especialidade está na UPA Bom Pastor, Unidade Mista do Lote XV e no Hospital Municipal. Mas sem dúvida nenhuma, aqui se abre mais uma porta de pediatria que a gente conta e espera que seja de grande valia para o município”, finalizou Flávio.

Atendimento diferenciado

O diretor de gestão hospitalar, Rafael Peixoto, mostrou as instalações ao prefeito e afirmou que a unidade é umas das que tem a taxa de óbitos mais baixas do Brasil. “O Hospital Fluminense tenta levar para a população um atendimento diferenciado. É um hospital aonde a gente preza muito por cada criança, como se fosse nossa. Fazemos todo um trabalho dentro e fora do município, pois a Baixada Fluminense realmente necessita de um hospital pediátrico. É muito difícil você ter em uma região como essa um serviço de referência que funcione e estamos tentando fazer isso. Contamos com mais três unidades de pronto atendimento que nos dão suporte na pediatria, mais o local para internar e tratar esses pacientes de doenças mais específicas da infância é aqui”, informou Rafael.

A estrutura da unidade conta com sala de medicação, dois consultórios, unidade intensiva (UI), laboratório, sala de procedimentos, posto de enfermagem, 10 enfermarias, direção e coordenação/supervisão. Cerca de 50% da demanda recebida é de municípios vizinhos.