Cinco minutos com Charlinho, prefeito eleito de Itaguaí

Cinco minutos com Charlinho, prefeito eleito de Itaguaí

Compartilhe isso:

img_7534Duas vezes prefeito de Mangaratiba e outras duas de Itaguaí, Carlo Busatto Junior, o Charlinho, venceu as eleições 2016 com 27.913 (40,18% dos votos válidos) e vai administrar Itaguaí novamente de 2017 a 2020. Seu foco principal será a manutenção dos serviços prestados à população. “Fizemos muitas obras nos oito anos que administramos a cidade, agora é avançar e garantir a qualidade dos serviços”, diz ele, que pretende, neste primeiro momento, colocar “a Casa em ordem”. Nesta entrevista, Charlinho detalha algumas ações de seu novo mandato.

1)      Logo após o deferimento do seu registro e a confirmação de sua vitória nas urnas, o atual prefeito começou a promover demissões e a interromper serviços essenciais à população, na área da saúde principalmente. Diante desse quadro, qual será sua primeira tarefa à frente da prefeitura?

Inicialmente temos que colocar a “Casa em ordem”, rever contratos, promover ajustes para nos adequarmos ao novo momento de crise econômica e planejar gastos dentro da realidade. Mas uma coisa a população de Itaguaí pode ter certeza: não vou deixar pacientes sem atendimento, muito menos crianças sem merenda na escola.

2)      Então a saúde e a educação serão prioridades?

Essas áreas sempre foram prioridades em minha gestão e vão continuar sendo. Vamos colocar os serviços que estão parados para funcionar e depois vamos pensar em novos investimentos. Primeiro é preciso garantir o básico, isso já faz uma grande diferença na vida das pessoas.

3)      Durante a campanha o senhor garantiu que os benefícios aos servidores seriam mantidos e que iria buscar linha de crédito para financiamento da casa própria. Vai cumprir a promessa?

Sim, claro. Nunca me comprometi com aquilo que não poderia executar. No meu plano de governo inseri as principais propostas, todas perfeitamente factíveis. Além do auxílio transporte, do vale alimentação, vamos buscar convênio para ver melhor forma de financiar o sonho da casa própria. Esse é um compromisso que vou cumprir ao longo do mandato, além de manter os salários em dia.

4)      A segurança pública é uma preocupação cada vez mais crescente em Itaguaí e muito comentada pela população nas redes sociais. Como pretende solucionar a questão?

Apesar de ser uma atribuição do Estado, a segurança é algo que muito nos preocupa. Vou atuar em parceria com os governos estadual e federal para minimizar o problema, com ações como: instalar guaritas nas principais saídas da cidade, criar sistema de monitoramento por câmeras, iluminar as ruas onde o serviço é deficiente e levar serviços públicos aos bairros mais carentes. Mas, esperamos também que o Estado faça a sua parte no combate ao crime, o Batalhão da PM foi e sempre será nossa reivindicação.

5)      Como pretende fazer esses investimentos em plena crise econômica?

Uma das coisas de que mais me orgulho em todos esses anos de vida pública é planejar bem os investimentos e isso conquistei graças à minha experiência de mais de 30 anos na iniciativa privada. Sei que a população de Itaguaí me deu essa nova oportunidade pelo trabalho que realizei nas gestões anteriores, quando a cidade avançou especialmente em obras de pavimentação e urbanização. Fizemos bairros inteiros, agora vamos avançar e manter os serviços. Vamos estimular a economia criativa para gerar empregos e continuar investindo sem prejudicar a economia e principalmente os cofres públicos.