Artigo: presidente estadual da JPMDB defende renovação no PMDB Nacional

Artigo: presidente estadual da JPMDB defende renovação no PMDB Nacional

Compartilhe isso:

Artigo de Jéssica Ohana – presidente estadual da Juventude do PMDB do Rio de Janeiro

Oxigenação: Uma necessidade para o maior partido do Brasil!

O PMDB é o maior e mais importante partido do Brasil. Está presente em todos os estados, em governos municipais, estaduais e ministérios de grande importância para a nossa nação. No Congresso Nacional, comandamos tanto a Câmara quanto o Senado, ajudando o Brasil a crescer e a se desenvolver ao mesmo tempo em que melhora diretamente a vida da população que mais precisa. Isso tudo é motivo de muito orgulho, mas já não é suficiente no momento político que vivemos.

Apesar de tudo o que o PMDB já fez, e do seu protagonismo na história brasileira, nosso partido tem se distanciado da vida das pessoas, da base, e vem perdendo militantes em todo o País, em especial entre a juventude.

Temos uma geração que não vê com bons olhos a política nem se sente representada pelas atuais instituições. A tradicional forma de fazer política já não contempla a juventude brasileira. É preciso mais qualidade e eficiência na forma e na pratica política.

No plano nacional somos um partido que aos poucos perdeu sua identidade. Não podemos sobreviver apenas de um passado glorioso, é preciso projetar o futuro. O PMDB Nacional precisa debater de forma franca qual é o projeto de desenvolvimento que queremos para o Brasil.

Precisamos de um projeto de desenvolvimento para o País que inclua cada vez mais o militante, em especial o jovem, onde o cidadão não é mero espectador, mas sim protagonista do processo.

O PMDB Nacional precisa se oxigenar!

Precisamos de um partido em ebulição, que usa sua pluralidade ímpar para ser um grande e democrático espaço de discussão e luta pelo bem do Brasil.

Isso passa, necessariamente, pela ampliação do espaço da juventude dentro do partido. Temos o exemplo do Rio de Janeiro, em que o presidente regional Jorge Picciani tem como vice o jovem Marco Antonio Cabral, Presidente nacional da Juventude do PMDB. Neste estado, a juventude tem sido um dos setores mais ativos do partido, ajudando a construir e influir nos rumos da política estadual. Mas só o PMDB fluminense não vai conseguir mudar este quadro nacional.

Em diversos momentos temos sido tratados como aliados secundários de outros partidos, pois nos falta ousadia e coragem para propor um novo projeto.

O PMDB Nacional precisa ser um partido que atraia os jovens, que inove, que ouse, e que nunca deixe de sonhar. Se isso não acontecer, a médio prazo, pode significar a morte do nosso partido. Não podemos deixar isso acontecer!

O PMDB Nacional precisa investir em seus quadros, precisamos dar a oportunidade para novas lideranças surgirem e darem sua colaboração na vida partidária. É preciso mais apoio tanto político quanto estrutural para que os jovens fortaleçam seus núcleos e participem das decisões. É preciso e urgente aumentar a democracia interna, promover discussões sérias e qualificadas sobre temas atuais como a Reforma Política.

Temos uma história que se confunde com a democracia brasileira, somos o partido que foi o maior responsável pela Constituição de 1988 e a redemocratização. Precisamos lembrar este passado e resgatar o protagonismo peemedebista no cenário nacional. É preciso rejuvenescer o partido, em seus quadros e bandeiras, para que possamos continuar sendo a maior e mais importante sigla brasileira durante muito tempo.

A luta continua!